Site oficial do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Culto inter-religioso dá início às comemorações dos 204 anos da Polícia Civil

A chefe de Polícia falou sobre a importância do diálogo entre a comissão e a Polícia Civil

10/5/2012 - Camila Donato

A chefe da Polícia Civil deu início, na manhã desta quinta-feira, as comemoração pelos 204 anos da fundação da Polícia Civil, celebrado em 10 de maio, com um culto inter-religioso. O evento reuniu a Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR/RJ), Chefia de Polícia, representante do Núcleo de Combate à Intolerância Religiosa da Polícia Civil, delegados e policiais.

Durante a solenidade o interlocutor da comissão e representante do Candomblé, babalawo Ivanir dos Santos falou sobre a importância do apoio da Polícia Civil no combate à intolerância religiosa. “Quando designaram um delegado para cuidar da causa, pensei que ele fosse apenas registrar nossas queixa, mas não foi o que aconteceu. O doutor Henrique se comprometeu, abraçou a causa e virou um ativista dentro da sua instituição. O trabalho de todos os policiais civis tem dado resultado, por que agora alguns setores mais nervosos sabem que intolerância religiosa é crime”, declarou o babalawo.

O coordenador do Núcleo de Combate à Intolerância Religiosa, delegado Henrique Pessoa, destacou que a Polícia Civil do Rio de Janeiro vem se tornando referência no combate a este crime. “Quando cheguei até a comissão o assunto eram as críticas à Polícia Civil. Meu objetivo era mudar esta imagem e tornar a instituição referência nacional. Com muito trabalho e diálogo estou conseguindo isto. Hoje desde investigador até delegado recebe aulas sobre como lidar com a intolerância religiosa na Academia de Polícia”, disse ele.

Para a chefe de Polícia Martha Rocha falou sobre o diálogo entre a comissão e a Polícia Civil. “Eu acredito que nada acontece por acaso, mas nós vamos nos preparando para os desafios da vida. Aprendi que com diálogo tudo se resolve. Que bom que posso fazer a diferença, mas essa diferença não acontece só pela vontade da chefe de polícia, mas pelo trabalho de todos e todas. A Polícia Civil conta com o apoio da comissão para se tornar cada vez melhor”, finalizou a delegada.

O evento contou com a presença de representantes das comunidades Mulçumana, Judaica, Hare Krishnas, Wicca, do Candomblé e da Umbanda e das igrejas Católica e Anglicana.

Clique para ver outras imagens



..:: Voltar ::..

Policia Civil do Estado do Rio de Janeiro - 2009

Rua da Relação, 42 - Centro - Rio de Janeiro / Atendimento: 2332-9751 / 9844 / email: ascompcerj@gmail.com / Assessoria de Comunicação: 2332-9930