Site oficial do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Polícia identifica quadrilha de falso seqüestro que age no Rio, Minas Gerais e São Paulo

29/7/2009 - ASCOM/PCERJ

Policiais da 82ª DP (Marica) identificaram uma quadrilha que aplicava o golpe de falso sequestro por telefone. Dois deles cumprem pena por roubo no presídio Alfredo Trajan, Bangu II, Zona Oeste. O líder do bando, o preso Sérgio Estevão da Silva, 38 anos, tem sete anotações criminais em sua ficha, entre elas a de formação de quadrilha. Seu cúmplice Álvaro Luiz Furtado Júnior, 31 anos, tem seis anotações criminais.

Duas mulheres que fazem parte do bando foram identificadas como Michele Pereira da Silva e Rosana Ferreira dos Santos. Um quinto integrante da quadrilha, Álvaro Luiz Furtado, é pai do preso Álvaro. Todos foram indiciados em inquérito policial. As duas mulheres e o pai do preso vão responder pelo crime, em liberdade, até a identificação dos outros bandidos.

De acordo com o titular da unidade, delegado Sérgio Caldas, a investigação teve início através da comunicação das policiais de São Paulo, Minas Gerais, do Rio e do sistema bancário. Agentes de delegacias do interior paulista e mineiro comunicaram aos policiais do Rio que vitimas do falso seqüestro estavam depositando dinheiro em contas bancárias no município de Marica.

Um funcionário do banco comunicou a Polícia Militar, na tarde desta terça-feira (28/07), que Michele, correntista de uma das contas suspeitas, estava na agência. Os policiais prenderam Michele e a conduziram para 82ª DP.

Durante depoimento, Michele revelou que fazia parte da quadrilha. Ela indicou Michele com sua cúmplice. As duas retiravam o dinheiro depositado pelas vitimas.De acordo com os policiais, o grupo já teria extorquido cerca de R$ 80 mil.



..:: Voltar ::..

Policia Civil do Estado do Rio de Janeiro - 2009

Rua da Relação, 42 - Centro - Rio de Janeiro / Atendimento: 2332-9751 / 9844 / email: ascompcerj@gmail.com / Assessoria de Comunicação: 2332-9930