Site oficial do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Inaugurada Divisão de Homicídios na Barra da Tijuca

A divisão conta com uma das maiores infra estrutura já implantada em uma especializada

19/1/2010 - Taísa Fonseca

Todos os crimes de homicídio cometidos na capital do Rio de Janeiro, já tem destino certo. O governador do Estado, Sérgio Cabral, o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame e o chefe da Polícia Civil, Allan Turnowski inauguraram nesta terça-feira, na Rua General Ivan Raposo, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, a nova Divisão de Homicídios da Capital. O prédio onde foi implantada a nova unidade era utilizado como a antiga sede da 16ª DP (Barra da Tijuca). A estrutura foi totalmente reformada e modernizada para receber a Divisão de Homicídios

A especializada contará com 250 policiais divididos entre investigadores, peritos legistas e criminais, papiloscopistas e inspetores, além de sete delegados. A Divisão ainda terá cerca de 60 viaturas e uma uma estrutura móvel de perícia técnica, além de um banco de dados de pessoas desaparecidas. A perícia dos homicídio será exclusiva e equipes de plantão darão prioridade as primeiras 48 horas de investigação.

Segundo o chefe da Polícia Civil, Allan Turnowski, a inauguração da divisão representa uma nova etapa na história da Polícia Civil. “Os crimes de homicídios ocorridos na cidade do Rio de Janeiro, serão encaminhados para a divisão da capital. Anteriormente a delegacia de homicídios trabalhava apenas com os casos de grande repercussão ou quando as distritais não conseguiam identificar a autoria do crime. A estrutura que está sendo implantada aqui contribuirá para um trabalho ainda mais qualificado e eficiente”, analisou o chefe de polícia.

O delegado titular da nova especializada, Felipe Ettore, ressaltou que a criação da divisão possibilitará maior eficiência na elucidação dos crimes. “O nosso objetivo é trabalhar para diminuir o índice de homicídios em todo o Estado”, afirmou o titular.

O secretário de Segurança , José Beltrame, destacou que mesmo com péssimas condições de infra estrutura a Polícia Civil, já conseguiu diminuir os índices de homicídio. “A polícia hoje trabalha com critérios. Em outras cidades fora do país os crimes de homicídios são prioridade. Estamos trabalhando para que este modelo internacional seja alcançado futuramente”, declarou o secretário.

O governador do Estado, Sérgio Cabral, apontou que o atendimento a população deve ser priorizado e elogiou o avanço que a Polícia Civil está tendo com a inauguração da especializada. “ O cidadão não está interessado em saber qual a corporação está trabalhando na solução do crime, mas sim como o mesmo será solucionado. O investimento feito permitiu que a polícia avançasse em apenas três anos na solução de problemas que existem a décadas”, anunciou o governador.

De acordo com o Chefe de Polícia, a Divisão de Homicídios da Capital começará a funcionar no máximo em duas semanas. A Policia Civil planeja dar o mesmo formato as delegacias de homicídios da Baixada e Niterói / São Gonçalo

Clique para ver outras imagens



..:: Voltar ::..

Policia Civil do Estado do Rio de Janeiro - 2009

Rua da Relação, 42 - Centro - Rio de Janeiro / Atendimento: 2332-9751 / 9844 / email: ascompcerj@gmail.com / Assessoria de Comunicação: 2332-9930